Tag Archives: Mae

Como guardar leite materno

Como retirar e conservar leite materno

Para as mães preocupadas com o regresso ao trabalho e com o momento em que vão deixar de ter todo o tempo disponível para o seu bebé, retirar leite materno pode ser parte da solução. Pelo menos garantimos que temos leite disponível para aqueles dias em que é impossível estarmos presentes.

Para retirar leite materno existem várias formas:

Expressão manual

É adequada quando queremos retirar pouca quantidade de leite, nomeadamente em casos de subidas de leite dolorosas, encaroçamento ou mastites mas é lenta e pouco eficaz quando o objetivo é armazenar leite.

Expressão com bomba manual

A bomba manual é mais barata mas também implica que sejamos nós, mães, a mexer na bomba para que ela funcione; para algumas mães pode funcionar bastante bem e permite adequar a sucção da bomba ao conforto da mãe; a desvantagem é a necessidade de um “operador”.

Bomba manual. Imagem digital. Fit pregnancy and baby. Web. 12 de Agosto de 2017. <www.fitpregnancy.com>

Expressão com bomba elétrica

Estas bombas apenas necessitam de uma ligação à eletricidade para funcionarem; a maioria tem várias velocidades e forças de sucção; devemos escolher a que melhor se adequa ao nosso conforto.

Bomba automática. Imagem digital, What to Expect. Web. 12 de Agosto de 2017. <www.whattoexpect.com>

Com que idade do nosso bebé devemos começar a retirar leite?

Usualmente começamos a retirar leite a partir dos 2 a 3 meses, dependendo também de quando será o regresso ao trabalho. No primeiro mês e meio a produção de leite é dirigida ao bebé e a quantidade adequada à quantidade de vezes que se alimenta e à quantidade de leite que ingere. Nesta fase retirar leite pode ser feito quando há encaroçamento mas fazê-lo sem ser neste contexto pode levar a sobreprodução de leite e a dor mamária.

Com que frequência devemos retirar leite?

Esta frequência não está definida. Quando o bebé não está a mamar por um período superior a 3 horas (quando estamos no trabalho, por exemplo), podemos retirar de 3/3 horas.

Se o bebé ainda está a amamentar exclusivamente podemos retirar 2-3 vezes por dia, começando por uma vez e aumentando o numero de vezes progressivamente, para permitir a adaptação da produção de leite. Podemos retirar leite durante 10-15 minutos em cada mama, mantendo sempre presente que no início retiramos pouco mas vai aumentando a quantidade que conseguimos retirar.

Devemos esterilizar os componentes da bomba?

Idealmente, sim, as tubuladuras da bomba devem ser esterilizadas após a utilização. Caso sejam utilizadas mais do que uma vez por dia, podem ser conservadas no frigorífico e lavadas e esterilizadas no fim do dia.

A lavagem usualmente é fácil e não são necessários esfregões ou escovilhões, porque é raro haver depósito solidificado de leite nas paredes. Pode ser utilizado um pano ou as mãos (que é o que utilizo cá em casa, para não ter de andar sempre a lavar panos da loiça).

A esterilização pode ser feita nas máquinas de esterilização, nos robots de cozinha, no microondas, numa panela com água a ferver ou até debaixo da torneira com água quente.

A esterilização está completa ao fim de 10 minutos de imersão em água fervente ou de exposição a vapor de água.

Eu utilizo a BimbyⓇ e coloco 30 minutos a 110ºC na velocidade 0.5 inversa, com 1 L de água e os componentes da bomba dentro do cesto.

Existem umas caixas próprias para esterilização no microondas, nomeadamente da AventⓇ e sacos da Medela Ⓡ, que permitem esterilização em 3 minutos a 900W. Parecem-me opções muito práticas. Como tenho BimbyⓇ cá em casa, vou aproveitando algumas das suas vantagens.

Onde devemos guardar o leite materno?

Se o objetivo é oferecer ao bebé nas 24 horas seguintes, podemos guardar dentro do biberão mas devemos agitar antes de oferecer, para misturar a gordura que se deposita.

Se queremos guardar a longo prazo devemos saber que a duração de conservação é:

  • 4-6 horas à temperatura ambiente;
  • 24 horas a 15ºC (algumas lancheiras e malas térmicas mantêm esta temperatura mas a maioria tem variações grandes, pelo que não são um método adequado de conservação e não devem ser utilizadas);
  • 3-8 dias a 4 ºC (no frigorífico);
  • 6-12 meses entre -18 e -20ºC (no congelador).

Devemos lembrar-nos que o leite materno deve ser guardado em recipientes próprios, existindo os copos e os sacos de conservação, tanto da AventⓇ como da MedelaⓇ.

Quando guardamos leite materno no frigorífico não devemos colocar na porta, porque está sempre a abrir e a fechar e também há variações de temperatura, mas sim na zona mais fria do frigorífico.

Devemos sempre registar no recipiente a data em que foi efetuada a colheita de leite.

Como devemos descongelar o leite materno?

A forma melhor é descongelar no frigorífico de um dia para o outro. Em alternativa podemos descongelar em banho maria, imerso em água a 37 ºC (o que não é muito prático porque implica medir a temperatura da água). Para esta última opção pode ser usado um robot de cozinha com 1L-1,5 L de água (até imersão), colocando o saco ou copo de conservação no cesto e programando 15 minutos a 37 ºC, na velocidade 0.5 inversa.

O leite materno nunca deve ser aquecido no microondas porque perde nutrientes.

Para evitar que esteja frio quando oferecemos ao bebé, podemos aquecer em banho maria como descrito ou retirar do frigorifico 1-2 horas antes de oferecer para que fique à temperatura ambiente.

Boa sorte a todas as mães que estão a construir a sua reserva para os seus bebés (ou planeiam fazê-lo)!