Category Archives: Mãe

Como as mães fazerem exercício físico no pós-parto pode beneficiar os seus bebés

Como as mães fazerem exercício físico no pós-parto pode beneficiar os seus bebés

Fazer ginástica, andar a pé, correr… tudo isto custa e muito no pós-parto. Para começar muitas de nós mal pregamos olho a noite toda. Mesmo aquelas sortudas que dormem, nunca dormem com a mesma qualidade e acabam por não parar todo o dia.

Depois de horas sem dormir, de andarmos com os nossos bebés ao colo, de tentarmos acalmar os choros, de lavarmos roupa, estendermos roupa, cozinharmos, lavarmos e voltarmos a lavar chuchas… a última coisa que apetece é fazer exercício.

Eu partilho deste sentimento e por isso estas palavras são também para mim, para me lembrar, naqueles dias em que não há mais energia, que devia ir buscá-la a algum lado porque isto é importante e nunca é demais lembrar.

Exercício pós-parto

O exercício no pós-parto:

1. Ajuda a recuperar a forma física

E com isto ajuda a subir a auto-estima, a sentirmo-nos donas do nosso próprio corpo novamente e a vermo-nos gradualmente voltar ao que éramos antes. Às vezes não dá jeito pôr maquilhagem, uns brincos ou colares; dias haverá (para mim já houve) que saímos com roupa toda a destoar, o cabelo penteado à pressa, até sapatos trocados. Mas no meio disto tudo sabe muito bem sentirmos o nosso corpo a recuperar.

2. Melhora a disposição e aumenta a energia

Especialmente importante no período pós-parto imediato, com os baby blues e as depressões pós-parto; o exercício físico liberta endorfinas, que sinalizam prazer e bem estar ao nosso corpo. Por outro lado, se praticarmos exercício em aulas de ginástica pós-parto tendemos a encontrar outras mães na mesma situação que nós e sentimo-nos menos sozinhas; às vezes até nos apercebemos que pensávamos estar a falhar nalguma coisa e afinal há muito mais mães a passar pelo mesmo.

3. Melhora a vinculação afetiva mãe/filho

Porque melhora a disposição, distrai e diminui os níveis de stress das mães.

4. Melhora a saúde cardiovascular

Este benefício é mais que conhecido e quem não quer estar saudável para aproveitar o tempo com o seu bebé?

5. Fortalece os músculos

Nomeadamente os músculos dorsais e lombares. Estes músculos são muito importantes quando transportamos os nossos bebés ao colo ou levantamos o carrinho para o arrumarmos no automóvel.

6. Estabelece um exemplo ao nosso bebé

Quando os bebés são pequenos, não percebem bem mas estes hábitos criam-se desde cedo e quanto mais cedo nós começarmos a praticar exercício, mais fortemente estabelecemos o hábito para nós, mães, e mais fácil será dar o exemplo às nossas crianças. Esta consequência, para mim, é a mais importante. Todas nós sentimos a responsabilidade de fazer mais e melhor pelos nossos bebés e tudo começa em casa. Está provado que as crianças de pais que gostam de praticar exercício físico comprometem-se mais com a atividade física e são mais saudáveis. Apesar de se ter comprovado que as mães mobilizam toda a família no sentido de praticar mais exercício, quando são motivadas para isso, também se verificou que as taxas de sedentarismo têm aumentado e que mais de metade das mães não pratica o nível de atividade física recomendado.

Efeito do Exercício físico sobre a Amamentação

Alguns aspetos que devemos conhecer sobre o efeito do exercício físico sobre a amamentação:

1. Não altera significativamente a composição do leite materno

A prática de exercício físico de moderada intensidade não altera em nada a composição. O exercício intenso está associado a diminuição esporádica (na alimentação seguinte ao exercício) dos níveis de anticorpo imunoglobulina A (sem relevância clínica) e a aumento do ácido lático na 1h30 seguintes (que não afeta o bebé).

2. A transpiração pode levar a acumulação de sal nos mamilos

O sal pode incomodar o bebé e levar a que não se queira alimentar ou pareça agitado; a solução é passar os mamilos por água a seguir ao exercício ou tomar um banho.

3. Não altera a quantidade de leite materno produzido

4. Não está associado a menor aceitação do leite materno por parte do bebé

A aceitação é a mesma entre mães que praticam atividade física e mães que não praticam, independentemente da intensidade do exercício; alguma agitação a seguir ao exercício poderá resultar do sal acumulado pela transpiração.

Que exercícios podemo fazer?

Existem vários tipos de exercício físico que podemos fazer, o mais comum sendo a ginástica pós-parto, que deve ser supervisionada por monitores com diferenciação nesta área. Alguns centros dispõem de amas que tomam conta dos bebés enquanto fazemos a aula de ginástica, permitindo superar o obstáculo de não termos com quem os deixar ou de poderem precisar de amamentar.

A corrida é um bom exercício cardiovascular mas só deve ser feita com o bebé quando este tem sustentação da cabeça (a partir dos 6 meses) e com carrinhos adequados.

Toca a mexer, se não por nós, pelos nossos bebés!