Como escolher as melhores fraldas

Como escolher as fraldas?

Escolher as fraldas para o bebé pode ser difícil. Existem várias escolhas no mercado: descartáveis/reutilizáveis, por tamanho, por textura, por taxa de absorção.

O que procuramos é que sejam as fraldas mais suaves e absorventes de forma a que o nosso bebé esteja o mais confortável e seco possível.

Descartáveis versus reutilizáveis

As fraldas descartáveis são bastante práticas porque são utilizadas uma vez e deitadas fora, não requerem nenhum tipo de manutenção e são leves e adequadas ao peso do bebé.

Apesar dos inúmeros descontos e promoções que existem em qualquer altura do ano, o custo total de utilização de fraldas descartáveis até ao desfralde é superior ao custo de utilização das fraldas reutilizáveis. Se a criança utilizar 6 fraldas por dia até aos 2,5 anos gastará 5.475 fraldas no total, o que corresponderá a um total de 1.070€ aproximadamente (para um preço em promoção de 18€ por 92 fraldas – portanto o melhor cenário). Em termos ecológicos, são prejudiciais para o ambiente porque demoram cerca de 180 dias a decompor.

São compostas por polímeros e fibras celulósicas e o seu revestimento exterior é de polímero de polietileno poroso, que retém os líquidos mas deixa sair os vapores. O revestimento interno é de plástico polipropileno e poderá incluir, consoante as marcas, vitamina E, aloe vera ou loções. O absorvente utilizado mais frequentemente é o poliacrilato de sódio, que se transforma em gel quando em contacto com líquidos. Na sua produção é utilizado cloro para branqueamento e amolecimento, que poderá originar dioxinas, substâncias que são tóxicas; no entanto a quantidade de dioxinas presente nas fraldas descartáveis é mínima.

Outra consequência conhecida da utilização de fraldas é a dermatite perineal, que consiste na irritação da pele na zona da fralda e que ocorre pelo contacto prolongado da pele com urina e fezes. A maioria das fraldas descartáveis deixa sair o vapor, minimizando mas nunca anulando a probabilidade de surgir dermatite. Para evitar esta consequência devem ser utilizados cremes barreira quando é detectada irritação cutânea e poderão também ser aplicados em cada muda de fralda, sobretudo quando a fralda tem fezes.

As fraldas reutilizáveis têm a vantagem de ter um custo total inferior (cada fralda custa em média 20€ e são necessárias 30 fraldas, pelo que o custo é de 600€) mas há que lembrar que implicam mais gastos em água, eletricidade e detergente (porque implicam lavagem de fraldas a cada 2-3 dias). Representam uma poupança em termos monetários especialmente relevante se utilizadas em mais do que um bebé. São mais ecológicas porque não são deitadas fora. Estão menos associadas a dermatite perineal e são mais frescas, mantendo uma temperatura 4ºC inferior às descartáveis.

Têm, no entanto, algumas desvantagens. Necessitam de lavagens frequentes (a cada 2-3 dias da semana) e não podem ser lavadas com a maior parte dos detergentes comercializados (nomeadamente não podem conter glicerina nem branqueadores ópticos). Os detergentes necessários são mais caros do que os habitualmente utilizados (para um detergente próprio para fraldas reutilizáveis, para 45 lavagens custa habitualmente cerca de 20€, que possibilitarão lavagens para 2,5-3 meses, enquanto para um detergente com branqueadores ópticos, usualmente comercializado nos supermercados, para 56 lavagens, ou seja 4 meses, custa os mesmos 20€).

Outro aspecto é que necessitam de pré-lavagem e lavagem a 40 ºC durante uma hora (correspondendo a 2 horas de utilização da máquina de lavar roupa a cada 2-3 dias).

Por outro lado, para representarem uma poupança em termos monetários, são ajustáveis (pela utilização de molas) ao tamanho do bebé, pelo que, na sua maioria, são muito volumosas numa fase inicial. Alguns pais reportam a ocorrência de fugas por dificuldade no ajuste das fraldas na zona das coxas. Também são menos práticas, por implicarem guardar a fralda para lavar após a utilização, sobretudo fora de casa.

Alguns pais optam por utilizar apenas fraldas descartáveis, outros utilizam fraldas reutilizáveis exclusivamente e ainda outros fazem um misto (fraldas reutilizáveis em casa e descartáveis na rua).

Tamanho

As fraldas descartáveis são ajustadas ao peso do bebé. Há que recordar que um bebé recém-nascido utiliza 8-10 fraldas por dia, passando, a partir dos 3 meses, a utilizar 6-8 fraldas por dia e a partir dos 9 meses cerca de 5 fraldas por dia.

Os tamanhos geralmente são: 0 (3 kg), 1 (2-5 kg), 2 (3-6 kg ), 3 (4-10 kg) e 4 (8-14 kg).

Para comprar fraldas é bom lembrar que a maioria dos bebés nasce com um peso em torno dos 3 kg ou superior (pelo que é uma opção comprar logo o tamanho 2 inicialmente) e aos 2 meses já atingiu os 5 kg. Assim uma opção seria comprar cerca de 750 fraldas tamanho 2 e não mais para a fase de vida inicial.

As fraldas reutilizáveis podem ser compradas para recém-nascido ou tamanho único (3,5 kg até ao desfralde).

Textura e taxa de absorção

As fraldas descartáveis têm a opção clássica e a opção suave. A opção suave difere pela maior capacidade de absorção e pela textura mais suave dos materiais em contacto com a pele.

Para os bebés de maior idade existem ainda as opções de maior absorção para a noite e para o dia a dia e as opções para utilização na água (mar ou piscina) impermeáveis.

As fraldas reutilizáveis são compostas por algodão.

Existem várias alternativas no mercado no que toca a fraldas e, como em tudo, são opções que se adaptam a cada família, às suas necessidades e hábitos. Acima de tudo pretende-se que os pais e o bebé estejam o mais satisfeitos e tranquilos possível.

Um comentário a “Como escolher as melhores fraldas”

  1. Elza Gonçalves diz:

    o circulo vicioso: os pais compram fraldas com produtos toxicos (a maioria do que se vende por ai tem produtos toxicos e irritantes-> depois o bebe fica vermelho -> os pais compram pomadas e cremes na farmacia para curar o bebe!! qual é a logica?? mais vale investir em fraldas biologicas descartaveis ou reutilizaveis e lavar o bebe com agua e sabao biologico, sai mais barato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *